Artigo “Cafeicultura em Rondônia: circuito espacial de produção, modernização e subordinação”, publicado na Revista Geografia (Londrina)

Os pesquisadores do GTGA, professores Tiago Roberto Silva Santos (IFRO) e Ricardo Gilson da Costa Silva (UNIR), publicam estudos sobre a geografia do café em Rondônia.

Resumo:A cafeicultura tem passado por transformações técnico-produtivas em Rondônia, que resulta da atuação direta de instituições públicas e privadas, responsáveis pelo fluxo material e imaterial da produção agrícola. A partir dos conceitos de circuito espacial da produção e círculo de cooperação buscamos analisar a organização espacial da cafeicultura, contextualizando o processo de modernização tecnológica na escala estadual. A metodologia da pesquisa foi realizada com sistematização bibliográfica e dados obtidos em trabalho de campo efetivado no município de Cacoal (RO). Dessa forma, conclui-se que a transformação agrícola indica o processo geral de subordinação da agricultura familiar ao capital, criando uma psicosfera do café, com formação de regiões produtivas, indicando que as variáveis do mercado nacional e global atingem as áreas de fronteira agrícola.

Palavras-Chave: Cafeicultura. Circuito Espacial de Produção. Círculo de Cooperação. Modernização. Rondônia

SANTOS, Tiago Roberto SILVA; SILVA, Ricardo Gilson da Costa. Cafeicultura em Rondônia: circuito espacial de produção, modernização e subordinação. Geografia (Londrina), v. 26. nº. 2., p. 145 – 163, jul/dez, 2017. ISSN 2447-1747

Link: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/geografia/article/view/28267/21319

Fonte: GTGA/UNIR

(Visited 95 times, 1 visits today)
 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

 

 
 
Translate »