Nova publicação: (DES)ENCONTROS ENTRE A ESTRADA E O RIO: O CASO DA GLEBA DA BOTA NO OESTE DA AMAZÔNIA PARAENSE

Publicado em: 25/07/2019 11:12:30

Artigo “(Des)encontros entre a estrada e o rio: o caso da Gleba da Bota no oeste da Amazônia paraense”, publicado na Revista Geonordeste pelos pesquisadores do GTGA


Compartilhamos o artigo “(Des)encontros entre a estrada e o rio: o caso da Gleba da Bota no oeste da Amazônia paraense”, publicado na Revista Geonordeste pelos pesquisadores do GTGA: Francilene Sales da Conceição (UFOPA), Alyson Fernando Alves Ribeiro (PPGEO/UFS) e Ricardo Gilson Costa Silva (UNIR).

RESUMO: O avanço do agronegócio na região oeste do Pará tem produzido novos conflitos agrário-territoriais para o campesinato-agroextrativista, acirrando a problemática da terra e das disputas por territórios. O artigo analisa a situação fundiária e as dinâmicas socioterritoriais da Área Federal da Gleba da Bota, localizada no município de Belterra. A metodologia adotada assenta-se na abordagem qualitativa e cartográfica, trabalho de campo, entrevista e diálogos com instituições públicas e comunidades rurais afetadas pela monocultura da soja. Como resultado tem-se os conflitos entre os agentes hegemônicos e as comunidades rurais dos projetos de assentamentos, indicando a expropriação e grilagem de terras públicas pelo agronegócio e as resistências do campesinato-agroextrativista, com o fortalecimento das territorialidades camponesas e a defesa dos territórios culturais, de trabalho familiar e comunitário, exposto na síntese entre a geografia da estrada com a geografia dos rios

Palavras-Chave: Amazônia; Território; Campesinato; Agronegócio; Espaço Agrário.

 

Referência:

RIBEIRO, A. F. A; CONCEICAO, F. S; COSTA SILVA, R. G. (Des)encontros entre a estrada e o rio: o caso da Gleba da Bota no oeste da Amazônia paraense. Revista Geonordeste, v. XXX, p. 6-25, 2019. DOI: Revista GeoNordeste

Fonte: GTGA/UNIR